Pesquisar

Histórico

UHE Estreito

Final da Década de 90

O Plano Decenal de Expansão da oferta de energia elétrica (2000/2009), elaborado pelo Grupo Coordenador do Planejamento dos Sistemas Elétricos (GCPS – Eletrobrás), relaciona a UHE Estreito como um empreendimento de geração de energia elétrica necessário para atender ao aumento da demanda nacional.

Janeiro de 2001

Eletronorte e Themag realizam estudo de revisão das características técnicas da UHE Estreito, definindo localização, quedas e arranjos gerais do empreendimento.

Julho de 2002

As empresas Suez Energy South America Participações Ltda., BHP Billiton Metais, Vale, Alcoa Alumínio S.A. e Camargo Corrêa Energia vencem o leilão promovido pela Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL para a implantação da Usina Hidrelétrica Estreito – UHE Estreito.

Realização de audiências públicas nas Cidades de Carolina e Estreito, no Maranhão, e Babaçulândia, Filadélfia e Aguiarnópolis, no Tocantins. As audiências tiveram uma média de participação superior a 300 pessoas.

É iniciado o Programa de Comunicação Social junto às comunidades da área de abrangência da UHE Estreito. As ações incluem a criação de Centros de Informação, a divulgação de ações em rádios e TVs regionais, a distribuição de material impresso sobre o empreendimento e a realização de reuniões com a comunidade e suas associações organizadas.

Abril de 2005

IBAMA emite a Licença Ambiental Prévia atestando a viabilidade técnica e ambiental da UHE Estreito.

Dezembro de 2006

IBAMA emite a Licença de Instalação, autorizando o início da construção da UHE Estreito.

Fevereiro de 2007

É assinado o Contrato de Fornecimento de Equipamentos e iniciada a implantação do Canteiro de Obras da UHE Estreito.

Junho de 2007

Iniciadas as Obras Civis - Fase 1

Outubro de 2007

Iniciada a mobilização para a Fase 2

Fevereiro de 2008

Início das Obras Civis - Fase 2

Setembro de 2009

Desvio do Rio Tocantins é realizado pela estrutura do vertedouro

Maio de 2010

Início da construção da barragem

Novembro de 2010

IBAMA emite a Licença de operação, autorizando o início do enchimento do reservatório da UHE Estreito.

O então presidente da República do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva, aciona o fechamento da primeira comporta do vertedouro, simbolizando o início do enchimento do reservatório.

Dezembro de 2010

É iniciado o enchimento do reservatório da UHE Estreito.

Abril de 2011

UHE Estreito começa a gerar energia com o funcionamento da primeira unidade geradora.

Maio de 2011

É concluído o enchimento do reservatório da UHE Estreito.

Julho de 2011

Segunda unidade geradora da UHE Estreito entra em operação comercial.

Outubro de 2012

Inauguração da UHE Estreito.

A presidenta da República, Dilma Rousseff, aciona simbolicamente a oitava unidade geradora. Assim, a UHE Estreito passa a oferecer ao Brasil, em sua capacidade total, 1.087 MW de energia limpa e renovável.

Novembro de 2012

A SEMA - MA emite a Renovação da Licença de Operação da Linha de Transmissão, LT 500 kV SE – ESTREITO / SE IMPERATRIZ, com extensão de 140,4 km e 1 (uma) Subestação de Energia de 500 kV, na área da Usina Hidrelétrica de Estreito.

Julho de 2014

O Consórcio Estreito Energia – CESTE, protocola o pedido de renovação da Licença de Operação 974/2010 da UHE Estreito junto ao IBAMA.

Setembro de 2014

Reconhecimento do programa de monitoramento de Arara-Azul-Grande pela Câmara de Comércio Brasil-França, o que conferiu ao CESTE o XIII Prêmio LIF (Liberdade, Igualdade e Fraternidade);

Setembro de 2015

Reconhecimento do programa social Cerrado Doce pela Câmara de Comércio Brasil-França, o que conferiu ao CESTE o XIV Prêmio LIF (Liberdade, Igualdade e Fraternidade)

Janeiro de 2016

O Consórcio Estreito Energia – CESTE implanta seu Sistema de Gestão Integrado.

Junho de 2016

Apresentação do Programa de Monitoramento da Arara-Azul-Grande no SUSTAINABLE WEEK ENGIE FRANÇA.

Março de 2016

O Consórcio Estreito Energia – CESTE transfere todas as instalações administrativas para o Edíficio Controle dentro da UHE Estreito.

Julho de 2016

O Consórcio Estreito Energia – CESTE, protocola o pedido de renovação da Licença de Operação 500/2012 da Linha de Transmissão, LT 500 kV SE – ESTREITO / SE IMPERATRIZ e Subestação de Energia de 500 kV, na área da Usina Hidrelétrica de Estreito, junto a SEMA-MA e IBAMA.

Setembro de 2016

Certificação da UHE Estreito de acordo com as normas ISO 9001/2008 (Qualidade), ISO 14001/2008 (Gestão Ambiental) e OHSAS 18001/2007 (Saúde e Segurança Ocupacional).

Novembro de 2016

Realização do I Workshop: Cheias e Secas do Rio Tocantins, demonstrando o papel da Usina Hidrelétrica Estreito e da Defesa Civil nas ocorrências desses eventos climáticos.

Consorciadas

Engie Alcoa Vale Intercement